Respirante em ebulição.

Luiza Sarmento, Brazil

13.3.08

Dica de Pessoa

“Se pensarmos pequeno...
Coisas pequenas teremos...
Mas se desejarmos fortemente o melhor
e principalmente lutarmos pelo melhor...
o melhor vai se instalar em nossa vida.
Porque sou do tamanho daquilo que vejo.
E não do tamanho da minha altura.“


(Fernando Pessoa)

15 comentários:

maker52 disse...

oi luiza vc conhece as sete profecias maias?
Os Maias deixaram para nós uma mensagem escrita em pedra que contém 7 profecias.

Uma parte de alerta e outra de esperança.

A mensagem de alerta profetiza o que vai acontecer nesses tempos em que vivemos. A de esperança fala sobre as mudanças que devemos efetuar para impulsionarmos a humanidade para uma nova era, a era da mulher, a era das mães, da sensibilidade.
A 1ª profecia Maia diz que apartir de 1999 resta-nos 13 anos, só 13 anos para realizarmos as mudanças de consciência e atitude de que eles nos falam, para que possamos nos desviar do caminha da destruição pelo qual avançamos para um outro que abra nossa consciências e a nossa mente para nossa integração com tudo o que existe.
'se pensarmos pequeno..

Entre uma brincadeira e outra vcs colaboram para essa mudança de atitude. Não comer carne é uma delas, lembre-se das cordas de violino, estando frouxas não produzem o som adequado, se esticarmos demais arrebentam, o segredo está no equilibrio. um gd bj

Luiza disse...

Uau!! Gostei demais do que você escreveu. Desconhecia completamente as profecias Maias, inclusive se quiser me mandar algum link ou dica de leitura, agradeceria. Esses assuntos muito me interessam.

Agradeço o seu reconhecimento com o nosso esforço diário. Temos que assumir esse compromisso de acender nossas lanternas e iluminar o que está em volta. Brilhemos! Cada um dentro do seu dia, da sua vida, da sua profissão e função social.

Bom saber que somos mais de duas! Bom receber recados como esse, e sentir que meu trabalho, desperta os valores dos outros, e desperta a sociedade para necessidade de polirmos nosso caráter, como um comprimisso de tornar nossa sociedade mais gentil. É mesmo um convide para uma espiral ascendente. Vamos?

Obrigada pelo carinho.
Beijo

maker52 disse...

Pude ouvir vc dizendo: Uau!

Vamos ascender e acho que tem que ser urgente!
profecias maias
http://www.angelfire.com/pe2/homens_do_sol/1_profecia-central.htm

Gostaria que conhecesse a gnose, tenho certeza de que vai encontrar muitas respostas aqui:
http://www.gnose.org.br/capa.asp

Vc é uma grande intuitiva,
vai saber compreender. Muitas coisas não são feitas para a mente, são feitas para o coração.
um gd bj, bom final de semana.

A Ave Fênix vive mil anos e ao final deles, acendendo um fogo flamejante, se consome. Renascida de suas cinzas vive outros mil anos, e assim sete vezes sete ou seja 49 e nove vezes, uma transparente alegoria, uma alusão aos quarenta e nove Manus, as sete Rondas e ainda aos sete ciclos humanos em cada Ronda verificada em cada globo

meu email- maker52@hotmail.com
seu entusiasmo vai ser grande
tenho o Suttas Gnósticos, livro em pdf pra mandar pra vc.

Aline Miranda disse...

Depois de um tempo da última visita retorno ao seu blog e dou de cara com pessoa :)
SIm, é dele sim, Luiza.
Conhecia só o final, agora conheço o trecho todo.
Gracias!

E mudou a foto né? Bonita.

Inté outra "troca de figurinhas".
Aline

maria disse...

é do Pessoa...

amo.


agora tb tenho blog.
veja bem...
rs. bj grande

www.quemsouessa.zip.net

maker52 disse...

luiza o que são essas falsas luzes?
Nós, em geral, parecemos como essas pequenas mariposas que, no escuro, quando vêem alguma luz no jardim, voam em sua direção achando que essa é a "verdadeira luz". Porém, quando alguém apaga essa luz, ficam novamente no escuro, desiludidas porque achavam que essa era verdadeira.

Ao verem outra luz acesa, voamos para ela, achando, mais uma vez, que essa é a "verdadeira luz" e não a outra que se apagou. Até que alguém, novamente apaga essa luz de jardim e ele volta a ficar no escuro e se desencante outra vez.

Esse círculo se repete milhares de vezes, e nisso alguns morrem enquanto seguem o aprendizado DA VIDA.

Elas ficam assim, inocentemente encantadas, até que chegue o dia em que se dão conta do que é a VERDADEIRA LUZ, essa que nunca se apaga ou se extingue e ilumina sem queimar.
um bjinho de miss!

maker52 disse...

ah dona luiza, é bom saber contra quem estamos lutando, pq dizem que ele não existe? Se o Protocolo dos Sábios de Sião fosse falso porque tudo que está escrito nele está acontecendo? Um resumo do livro:
(eles dizem que) É preciso:
1 - Corromper a mocidade pelo ensino subversivo;
2 - Destruir a vida de família;
3 - Dominar as pessoas pelos seus vícios;
4 - Envilecer as artes e prostituir a literatura;
5 - Minar o respeito pela religião; desacreditar tanto quanto possível os padres, espalhando contra eles histórias escandalosas; encorajar a alta crítica a fim de corroer a base das crianças e de provocar cismas e disputas no seio da Igreja;
6 - Propagar o luxo desenfreado, as modas fantásticas e as despesas loucas, eliminando gradualmente a faculdade de gozar das coisas simples e sãs;
7 - Distrair a atenção das massas pelas diversões populares. Jogos, competições esportivas, etc; enfim, divertir o povo para impedi-lo de pensar;
8 - Envenenar os espíritos com teorias nefastas; arruinar a sistema nervoso com a barulheira incessante e enfraquecer os corpos pela inoculação do vírus de várias enfermidades;
9 - Criar o descontentamento universal e provocar ódio e desconfiança entre as classes sociais;
10 - Despojar a aristocracia das velhas tradições e de suas terras, cravando-as com impostos formidáveis, de modo a forçá-la a contrair dívidas. Substituir as pessoas de sangue nobre pelos homens de negócios e estabelecer por toda a parte o culto do Bezerro de Ouro;
Infelizmente tem mais.

Não me imagine como um louco profetizando e falando coisas absurdas, o conhecimento,imagino que funcione como o veneno que devidamente tratado serve de antido contra ele mesmo. Bom vc disse que esses assuntos te interessavam, por isso estou mandando. bj. A Páscoa traz excelentes energias aproveite, medite, se cuide.

Nanda Kiedis Declama disse...

Pessoa é magnifico!!
Bom gosto!

Bjs

Daniel Barros disse...

Texto sensacional.
Seja de quem for.

Bjãooo.

Roo disse...

Lindo texto!!:D
Que saudades do +POP!!
Beijos!

Alexandre disse...

Pessoa foi e é a "pessoa"....é isso aí, nós estamos onde nos colocamos, somos o que nos propomos ser.
Muito bom gosto!
Tudo de bom, muita PAZ!

maker disse...

A humildade permite que sejamos virtuosos com todos, incondicionalmente.
Veja a humildade de uma árvore frutífera.
Quando chega a estação e seus ramos estão cheios de frutos,
veja como eles se curvam para que os outros consigam
pegar o que está sendo oferecido. Mas a árvore cujos
galhos estão muito alto, não é capaz de se dobrar.
Fica difícil pegar seus frutos.
O ego é assim.
Podemos estar com nossas cabeças lá no alto, mas de fato,
não estamos disponibilizando nosso valor a todos.

Brahma Kumaris

Luiza Sarmento disse...

...Ai, ai, ai...
Tô saboreando a cica dessa fruta.

Aí vai a minha:

O Que É Bonito?
(Lenine)

O que é bonito
É o que persegue o infinito
Mas eu não sou
Eu não sou, não...
Eu gosto é do inacabado
O imperfeito, o estragado que dançou
O que dançou...
Eu quero mais erosão
Menos granito
Namorar o zero e o não
Escrever tudo o que desprezo
E desprezar tudo o que acredito
Eu não quero a gravação, não
Eu quero o grito
Que a gente vai, a gente vai
E fica a obra
Mas eu persigo o que falta
Não o que sobra
Eu quero tudo
Que dá e passa
Quero tudo que se despe
Se despede e despedaça

O que é bonito?

maker disse...

gostaria de ouvir vc recitando, como não é possível me contento em deixa-lo aqui, nessa sequencia, pq é bonito:

Eu queria trazer-te uns versos muito lindos
colhidos no mais íntimo de mim...
Suas palavras
seriam as mais simples do mundo,
porém não sei que luz as iluminaria
que terias de fechar teus olhos para as ouvir...
Sim! Uma luz que viria de dentro delas,
como essa que acende inesperadas cores
nas lanternas chinesas de papel!
Trago-te palavras, apenas... e que estão escritas
do lado de fora do papel... Não sei, eu nunca soube o que dizer-te
e este poema vai morrendo, ardente e puro, ao vento
da Poesia...
como
uma pobre lanterna que incendiou!

Mario Quintana

Vinícius disse...

Não somos bastantes felizes para ousar acreditar naquilo que desejamos, nem bastante felizes tampouco para ter certeza do que mais tememos.


ass.:Sísifo (mitologia)