Respirante em ebulição.

Luiza Sarmento, Brazil

15.12.08

Sem Alvorada

Com o nó na garganta e a corda no pescoço,
Nem inda moço, nem inda morto,
Segue sua vida de gado:
Com uma mão na frente, outra atrás,
Desempregado.

Sem eira nem beira,
Toma um trago,
Sobe ladeira,
Ao encontro dela:
Nem feia, nem bela
Sua Rosa que o espera.

Na favela soa o samba,
Bate o bumbo,
Ronca o estômago.
Com a cara cheia e a perna bamba,
Transborda alma, cai no samba
Enche a cara de realidade. 

Enquanto Rosa,
Nunca mais moça,
Nunca mais prosa,
Alisa sua barriga 
De miséria. 
Germinando ventre a fora
Outra vida de esmola. 

Espera cansada, 
Sem hora, 
Espera Rosa agora,
Espera Sentada, 
Seu homem voltar na alvorada.

11 comentários:

VHF disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris Carnaval disse...

Adorei =) bjos

JUCA CAVALCANTE disse...

Olho pro céu,
vejo um brilho intenso.
Uma grande estrela
no firmamento.
Contemplo-a por
um longo intante.
A estrela é a Luíza Sarmento.
(Autor desconhecido)

ASSINE CARDPLAYER disse...

VC É'PERFEITA DE LINDA!

BJU DE UM ADMIRADOR

MSN: MARRETAS@MSN.COM

arteio disse...

Olá Luiza,

Desculpe por estar usando esse espaço para te escrever algumas linhas, mas é que não tenho seu email e seu perfil no orkut não está recebendo recados.
Acompanho seu trabalho há algum tempo, na verdade desde o Comentário Geral com aquela dupla dinâmica incrível - aliás, o Michel me surpreendeu mais uma vez: que primor de trabalho ele fez com sua interpretação de Bentinho em "Capitu".
Há mais ou menos um ano e meio atrás deixei uma mensagem para ti no seu perfil do orkut (à qual você respondeu de imediato, me deixando num estado misto de surpresa e felicidade). Lembro-me que naquela ocasião você estava deixando a TVJB e nos privando mais uma vez de sua doce presença. Porém - sei que sou suspeito em falar tendo em vista a grande admiração que tenho por seu trabalho - eu tinha quase certeza que sua volta à TV estava apenas momentaneamente adiada, pois não se poderia prescindir, nesses tempos de aparências e simulacros, de um talento como o seu.
Tenho de confessar que não tive como acompanhar de forma contínua essa sua mais nova empreitada nessa volta à TVBRASIL com a Revista e o Alô, Alô. Quis o destino que seu programa tomasse lugar justamente nas tardes de domingo - horário do sacrossanto futebol.
Bem, mesmo assim, sempre que possível tentarei desfrutar desse deleite que é te assistir.

Obrigado por voltar!

Diego Souza (São Gonçalo - RJ)
email: arteio@hotmail.com

BOBOSNOAR disse...

Oi LUIZA, você faz falta em rede nacional!
Mas continue assim,humilde e batalhadora,pois quem te admira nunca equece da talentósa APRESENTADORA que és(e eu a muito curto seu trabalho), UM FORTE ABRAÇO e DESEJOS DE BOA SORTE À VOCÊ...

carlosmustang

JUCA CAVALCANTE disse...

OLÁ LUÍZA!
Um feliz ano novo pra você com tudo de bom que você tem direito e um pouco mais!

Bruno disse...

manda bem demais na TVB!!

parabéns,

aqueles beijos

Raphael disse...

Primeira vez que passo por aqui...
Dei uma lida nos seus textos, muito legal.
Vou passar por aqui mais vezes.

Liñares disse...

lindo!

EdiRamone disse...

Perfeito!!!parabens vc e muito talentosa e admiravel